Carro movido à água

Quem diria que chegaríamos ao dia em que os carros seriam movidos à água. É essa a promessa dos fabricantes do novo diesel sintético a base de água. Com essa busca incessante por combustíveis mais limpos, essa novidade vai dar o que falar.

O processo que a Audi realizou para fabricar esse novo combustível é bem simples, se formos levar em consideração o nível de dificuldade de tudo relacionado ao mundo automobilístico. Esse diesel sintético não tem nada de petróleo, então você já pode saber que em sua composição não estão presentes o benzeno e o enxofre. Isso faz com que seja um combustível muito limpo e que não agride o meio ambiente.

Com viabilidade para produção em grande quantidade, o e-benzin, nome dado a Audi para seu novo combustível, ele é fabricado apenas com hidrogênio, água, gás carbônico e luz solar, se você reparar só leva ar e água. Os testes começaram em poucos dias na Europa.

Esse processo ocorreu no laboratório de um centro de pesquisas lá na Alemanha, em uma cidade chamada Dresden, e para que o combustível seja realmente limpo, a energia elétrica gasta na sua produção é gerada a partir dos ventos e do sol.

A água passa por um processo de eletrólise em que surgem o hidrogênio e o oxigênio, esse processo é feito em um tanque a 800°C, então o oxigênio vai para a atmosfera e o hidrogênio se une ao gás carbônico que é capturado na atmosfera.

Como você pode ver, esse novo combustível não só não suja o ambiente, como ele ajuda a limpar a atmosfera porque ele pega o gás carbônico que fica solto por aí, que é um dos responsáveis pelo efeito estufa e usa, jogando para a atmosfera o oxigênio que é benéfico.

Eles chamam essa mistura de hidrogênio e gás carbônico de Blue Crude, algo como azul cru, fazendo uma comparação ao óleo cru, que é quando o petróleo ainda está natural.

 

Faça o primeiro comentário a "Carro movido à água"

Comentar

O seu endereço de email não será publicado.


*